16/09/2021

Brucelose Canina: como diagnosticar?

Brucelose Canina

 

A brucelose canina é causada pela bactéria gram-negativa Brucella melitensis, subespécie canis ou, simplesmente, Brucella canis, sendo importante em canis comerciais devido às perdas reprodutivas observadas

A brucelose canina acarreta principalmente em abortamento no terço final de gestação em fêmeas e epididimite grave e prostatite em machos. Em menor grau, outros sinais também podem ser observados como letargia, perda de peso, linfoadenopatias (principalmente em animais pré-púberes), perda de libido, falhas na concepção e morte de filhotes aparentemente normais dias após o nascimento.

 

A transmissão da brucelose canina pode ocorrer de forma venérea (durante a cópula) ou por via oral pelo contato com secreções genitais e fetos abortados

A Brucella canis penetra diretamente na mucosa vaginal, peniana, oral ou conjuntival. Após a bacteremia no interior dos leucócitos, a bactéria se aloja no interior de tecidos ricos em esteroides gonadais e em células reticuloendoteliais, podendo permanecer por longos períodos. Assim, geralmente as infecções são crônicas e podem ser assintomáticas.

 

O diagnóstico

Aconclusão do diagnóstico de brucelose canina baseia-se no histórico do animal associado a detecções laboratoriais do agente. A cultura microbiológica e a Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) podem ser realizadas a partir do sangue, pois em cães é evidenciado bacteremia persistente por 6 a 64 meses, urina, sêmen, fetos abortados e secreções genitais. Testes sorológicos também podem ser empregados, como a imunocromatografia e a soroaglutinação. Contudo, resultados falsos-positivos podem acontecer e exames diretos são imprescindíveis para confirmação da infecção.

 

O tratamento

Muitas vezes o tratamento da brucelose canina não é recomendado, devido a localização intracelular da bactéria. Quando instituído, o tratamento é longo e com chances de fracasso. Desta forma, a controle e prevenção da brucelose canina é fundamental para evitar perdas reprodutivas nos canis. Recomenda-se testar sorologicamente os animais antes da reprodução ou recém-adquiridos e realizar quarentena. A eutanásia de animais positivos pode ser uma alternativa viável em canis, visto os prejuízos causados por ela e a possibilidade de transmissão aos humanos (zoonose).

Conte com o VERTÀ – Laboratório Veterinário para diagnóstico de brucelose canina. Oferecemos testes sorológicos, cultura microbiológica e PCR para diagnóstico e monitoramento dessa enfermidade. Entre em contato conosco!

Ensaios laboratoriais para pequenos animais
Ensaios laboratoriais para o agronegócio.
Ensaios laboratoriais para a indústria de alimentos e indústria farmacëutica
VERTÀ Laboratórios matriz
Instituto de Pesquisa e Diagnóstico Veterinário
Avenida Lions, n° 1380
CEP: 89520-000, Curitibanos, SC.
Ver no mapa
VERTÀ laboratórios - Filial
Rua 20 de Setembro, n° 610 – Sala 104
CEP: 99025-580, Centro, Passo Fundo, RS.
Ver no mapa
Open chat